Enchendo os pulmões de ideias e soprando a evolução do empreendedorismo – Pipow

Enchendo os pulmões de ideias e soprando a evolução do empreendedorismo

As relações humanas transformam ideias em negócios, habilidades em descobertas.

As relações humanas transformam ideias em negócios, habilidades em descobertas.

Inglaterra, Sec. XIX, um pai preocupa-se com o futuro de seu filho, teme que ele venha a desgraçar o nome e a reputação da família. O jovem vive atrás de ratos e insetos, coleciona besouros e seu desempenho nos estudos vai de mal a pior, chegando a ser considerado com incapaz de aprender.

.

.

.

É 2008 em São Francisco, Estados Unidos, dois rapazes recém formados estão desempregados e precisam de dinheiro. Decidem então receber hóspedes e acomodá-los em colchões de ar, cobrando um valor por isso.

O jovem inglês chamava-se Charles Darwin e os dois rapazes desempregados alugando colchões de ar para desconhecidos acabavam de criar o Air Bed & Break Fest, mais conhecido mundialmente como Airbnb.

 

O que esses dois casos tem em comum?

Pois bem, Darwin possuía uma inteligência diferente daquela inteligência que era esperada pelo seu pai e por seus professores. Ele possuía o que se reconhece hoje como Inteligência Naturalista, conceito que compõe o grupo de Inteligências Múltiplas, teoria apresentada por Howard Gardner. Ele possuía um elevado potencial para trabalhar com o meio ambiente, para classificar, observar e para desvendar mistérios da natureza, mas estava fadado ao fracasso, pois tanto o pai de Charles quanto seu avô eram médicos e, desejavam que Charles perseguisse os passos do pai e do avô. Mas Charles não conseguiu desenvolver-se na medicina.

Charles Darwin fora orientado pela família a dedicar-se à igreja, mas, segundo ele mesmo descreveu posteriormente, não conseguia concordar com alguns assuntos. Charles Darwin possuía uma curiosidade e uma capacidade de observação sobre a natureza que o tornava capaz de perceber detalhes importantes sobre aspectos naturais que poderiam passar despercebidos por outras pessoas.

A história do pensamento mundial estava prestes a mudar para sempre, quando um de seus professores, o sr. J. S. Henslow o indicou para uma expedição junto da marinha Britânica, a bordo do Beagle, explorando costas e mares desconhecidos, na qual Darwin pôde durante cinco anos reunir amostras de aves, rochas, fósseis, insetos e realizar anotações que posteriormente se tornariam a base para o desenvolvimento do famoso estudo “Sobre a origem das espécies por meio da seleção natural”. O sr. J. S. Henslow foi o homem que identificou o gênio oculto e o colocou no ambiente que o projetou para a história.

 

.  .  .

 

A ideia era simples, encher os colchões de ar que estavam guardados e alugar a sala para hóspedes, oferecendo-lhes café da manhã. Mas os ganhos estavam limitados aos recursos que possuíam, e possuíam apenas uma sala e três colchões. O resultado desejado aconteceu somente quando a identidade do negócio mudou, passando de local para global. A liderança do Airbnb passou a reunir-se com profissionais de empresas que são referências mundiais com Facebook e Apple além do ilustre Warren Buffet.

Se encher colchões de ar e receber pessoas na sala parecia uma ideia maluca para ganhar alguma dinheiro, o que dizer de convencer outras pessoas a fazerem o mesmo? Mas depois de muito trabalho e adaptações, a oferta que era inicialmente uma opção limitada de repousar sobre colchões de ar na sala de jovens descapitalizados, encontrou outra identidade, com uma pluralidade fantástica, que oferece desde uma casa na árvore ou hotéis, até castelos encantadores.

 

Depois de muito trabalho e muitas adaptações, muitas conexões com pessoas experientes em áreas distintas e com o empreendedorismo pulsando nas veias, o Airbnb é, no ano de 2020 uma empresa avaliada em U$31 BI. 31 bilhões de dólares.

 

 

As relações humanas transformam ideias em negócios, habilidades em descobertas. Se os protagonistas destas histórias vivessem na mesma época, Darwin teria se hospedado com as ofertas do Airbnb ao redor do mundo, e o Airbnb teria se adaptado as necessidades do seu ilustre hóspede para poder sobreviver nessa evolução constante do empreendedorismo.

 

Curioso, muito curioso!
Curioso, muito curioso!

 

Autor: Rodrigo Pinheiro
Instagram: @pinheiro_psi
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/pinheiropsi/

Compartilhe:
Share on whatsapp
Compartilhar
Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar
Share on linkedin
Compartilhar
Share on pinterest
Pin
Abrir chat
Precisando de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?